A arte pesada do ilustrador Alcides Burn

Arte do álbum "Under Hatred", da banda Krenak. Por Alcides Burn

Por AD Luna
ad.luna@gmail.com

Krisiun, Sanctifier, Decomposed God, Robertinho de Recife, Picture, Blood Red Throne, Nervochaos, Obituary, Malefector. Essas são apenas algumas das bandas do universo do metal, pernambucanas, nacionais e internacionais que já tiveram capas, logos ou material de divulgação desenvolvidos por Alcides Burn. Nascido em Belém, o ilustrador saiu da capital paraense quando tinha apenas um ano. Morou em diversas cidades, devido ao trabalho do pai, militar da Marinha. Até que fixou residência no Recife, em 1989, quando o velho marinheiro se aposentou.

Burn começou a riscar as primeiras linhas na escola e diz que sempre foi fã de monstros, dinossauros. "Essas coisas de nerd", pontua. Em meados dos anos 1990, o gesto de um parente fez com que a carreira começasse a decolar. "Doutor José Ailton, meu tio que hoje não está mais entre nós, me deu de presente um computador. Lembro que, na época, era um dos melhores", relembra.

Por conta própria, Alcides instalou programas, usando os agora pré-históricos disquetes e a aprender a usá-los. "Sempre fui curioso. Nessa época, comecei a fazer umas artes para bandas de amigos. Agradeço muito a meu tio por tudo que fez por mim", reconhece. Desde então, ele não parou mais e nem faz ideia de quantas artes já criou.


Burn diz que sempre foi mais fã de filmes do que de gibis, HQs, e relata uma curiosa influência inicial. "Como médico, tio José Ailton tinha uns livros de medicina legal. Acho que isso ajudou", rememora, em meio a risos.

Na atualidade, o artista destaca o trabalho de brasileiros como Marcelo Vasco, Gustavo Sazes, Rafael Tavares e Kin Noise como influências. Além dos gringos Seth Siro, Eliran Kantor, Dave Mckean, Travis Smith. "Além deles, tudo que está a meu redor me inspira. Às vezes, quando estou na rua, e vejo alguma paisagem, textura legal, uma árvore antiga, pego o celular e fotografo".

MAIS

Outros conteúdos sobre metal no Interdependente 

AJUDE o Interdependente a se manter

E como funciona o processo de criação de Alcides Burn? "De diversas formas", ele diz. Às vezes, o pessoal das bandas já tem aparece com uma ideia pré-definida. Burn apenas acrescenta destalhes aqui e ali. Em outros casos, os colegas músicos os deixam livre para criar algo apenas baseado no título do álbum ou de alguma letra. "No momento, estou trabalhando em uma arte de uma banda da Inglaterra. Eles mandaram um rascunho e eu fiz, mas o encarte eles me deixaram livres para produzir".

Alcides Burn se define como uma pessoa inquieta, que está sempre procurando algo para fazer. Além do trabalho como ilustrador, ele é publicitário, um dos curadores da programação do festival Abril pro Rock, trabalha auxiliando produções da Vision Rock e Blackout Discos. Há dez anos, comanda os vocais da Inner Demons Rise - banda de death metal pernambucana.


Não satisfeito, o homem ainda criou seu próprio selo e distribuidora. A Burn Records lançou nas plataformas digitaiso novo CD da Decomposed God, "Storm of Blasphemies". "É uma banda da qual sou fã desde o começo. Os CDs já estão a caminho e em breve estarão disponíveis para o público". Link do selo: https://burnrecordsofficial.loja2.com.br .

O ilustrador e vocalista Alcides Burn. Foto: Dezza


ALCIDES BURN COMENTA CINCO ARTES QUE CRIOU

DECOMPOSED GOD - "THE LAST PRAYER"
"Apesar de ser uma arte bem simples, tem uma grande importância pra mim porque foi a minha primeira capa lançada em CD oficial. Também, como falei, já era fã dos caras da época das demos. Então isso foi massa!"


HEADHUNTER D.C. - "GOD'S SPREADING CANCER"
"Quem nunca quis fazer uma capa pro Headhunter D.C. né? Sempre quis muito. Estava morando fora do país a trabalho, em Moçambique, na África, quando Sérgio Ballof (vocalista) me convidou pra criar a arte, fiz uma versão. Mas depois ele disse que teve um sonho, e ta aí o sonho dele imortalizado. Hahahaha!"



SANCTIFIER - "AWAKED BY IMPURITY RITES"
"Outra banda que curtia muito e essa capa foi uma das mais votadas pelo público nos melhores do ano da roadie crew, votação do público".



BLOOD RED THRONE - "BRUTALITARIAN REGIME" 
"Banda Norueguesa, gosto muito. Essa arte tem uma longa história. Conheci o Daniel (Guitarra) através de um cara aqui de Recife que eu fazia algumas artes para o booking dele. Esse cara desapareceu. Mas continuei conversando com o Daniel. Fiz uma arte para o Myspace de um projeto dele, o Zerozonic. Daí ele me chamou pra fazer a capa do Blood Red Throne e, em seguida, também fiz a arte do CD do Zerozonic".



KRISIUN 
"O Krisiun é uma das bandas mais respeitadas do mundo. Conheci os caras quando vieram fazer o show do Black Force Domain. No ano passado, o Wander, que é o técnico de som deles, me mandou um whatsapp convidando pra criar uma arte pra um backrop deles, a arte acabou virando um merch oficial. Foi a camisa da tour na Europa deles e foi lançada recentemente pela Consulado do Rock no Brazil".



Para conhecer mais trabalhos de Alcides Burn, visite o site: www.burnartworks.com e o instagram @alcidesburn .

Comentários