Manutenção de baterias, no Recife, com Lulu Batera



Interdependente Serviços
interdependenteblog@gmail.com

Lulu Batera é recifense e começou a tocar por influência do seu pai, Mario Gerônimo, que integrou a banda Terra Seca. Audidata, Lulu aprimorou sua técnica e conheceu o que é rotina de shows quando, em 2000, formou sua primeira banda, a Dark Vision. Com ela, participou de programas de TV, concedeu entrevistas a diversos veículos de mídia e tocou em cidades do Nordeste e em São Paulo.


Como técnico de bateria, trabalhou em diversos shows em Pernambuco a exemplo do realizado no Recife, pela banda alemã Scorpions. Tocou em eventos nos quais também participaram artistas dos mais diversos estilos como Torture Squad, Ratos de Porão, Andralls, NervoChaos, Exodus, Brujeria, Nação Zumbi, NX Zero, Lenine, Raimundos, entre outras.


Entre os bateristas que mais o influenciaram, no início da trajetória, Lulu cita Lars Ulrich, do Metallica, e Igor Cavalera, quando este ainda integrava o Sepultura. "Foram eles que me despertaram o desejo de tocar rock, metal, algo que está no meu sangue até hoje. Os dois são as peças-chave pra mim, da batera mundial". 

De Pernambuco, ele cita Wagner Campos, da banda Decomposed God. "Quando o vi tocando pela primeira vez, me perguntei: 'o que é isso, cara?' Quero um dia tocar que nem esse cara. Mas até hoje não consigo", lamenta, entre risos.

Wagner Campos em ação


No momento, além de tocar em diversos projetos na noite recifense. Lulu Batera também tem se empenhando na produção do primeiro CD/DVD solo.  Pearl Drums, Orion Cymbals, Power Click
Baquetas Liverpool, Gbags, K.A Drum e CDC Recife.


Sobre o serviço de manutenção de baterias, Lulu informa que não possui tabela fixa, pois os valores são estabelecidos de acordo com cada caso, com o estado de conservação de cada instrumento e as necessidades indicadas pelo cliente. 


Contatos:

Fone/WhatsApp: 81 98664-6209
lulubatera oficial@gmail.com

MAIS

AJUDE o Interdependente, contribuindo com qualquer quantia.

Fisioterapia para músicos com Tiago Guimarães

Comentários