Rede Globo exibe doc "Pesado - Que som é esse que vem de Pernambuco?"


A banda Devotos em cena do Pesado

E a trajetória do documentário Pesado - Que som é esse que vem de Pernambuco?, que narra as peripécias dos metaleiros do Estado em meio ao cenário multicultural pernambucano, ganha mais um marco importante: neste domingo (16), o longa-metragem de Leo Crivellare, com roteiro de Wilfred Gadêlha e produção da Jaraguá Produções, será exibido para todo o estado de Pernambuco, na Rede Globo local, na Sessão de Gala

Pesado é uma produção que retrata a saga dos metaleiros de Pernambuco em fazer música em um ambiente diverso culturalmente, mas dominado pela cultura popular de massa em eventos como o Carnaval e o São João, além de estilos bem distintos, a exemplo do forró, do frevo e, a partir dos anos 90, o manguebeat.

O documentário foi financiado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) e já passou por mostras e festivais no Recife, Caruaru, Goiana, Surubim e Afogados da Ingazeira (Pernambuco), São Paulo e Belo Horizonte (MG).


Além do resgate histórico, o filme aborda temas como resistência cultural, consumo de música, indústria fonográfica e convivência com outras formas de arte, trazendo vídeos, imagens e músicas inéditas - muitas das quais nem mesmo registradas em CD. Bandas como Herdeiros de Lúcifer, Fire Worshipers, Arame Farpado, Cruor, Decomposed God, Malkuth, Cangaço, Storms, Psych Acid, Hanagorik, Devotos, Terra Prima e Hate Embrace estão presentes na produção.


SERVIÇO
O que: Exibições do documentário Pesado – Que som é esse que vem de Pernambuco?
Quando: Domingo, dia 16, depois do Domingo Maior
Onde: Rede Globo Pernambuco

FICHA TÉCNICA

Título: Pesado – Que Som É Esse Que Vem de Pernambuco?
Ano de produção:  2017
Duração: 100 minutos
Direção: Leo Crivellare
Roteiro, argumento e entrevistas: Wilfred Gadêlha
Direção de fotografia e câmera: Mariano Maestre
Montagem, cor e finalização: André Farkatt
Direção de arte e projeto gráfico: Alcides Burn
Som direto: Pedro Moreira e Lucas Ramalho
Edição de som e mixagem: Gera Vieira e Kiko Santana
Direção de produção: Luiz Barbosa
Assistentes de produção: Lilian Pimentel e Clarissa Dutra
Produção executiva: Carol Ferreira
Produção: Jaraguá Produções

Comentários