Filme sobre Ney Matogrosso previsto para 2020




Por Roberta Profice

Mesmo irreverente nos palcos, Ney Matogrosso sempre foi um dos artistas mais discretos do showbusiness. Mas, agora, ele vai quebrar o silêncio e revelar sua história pessoal e detalhes de sua incrível trajetória artística em um filme, que será rodado no ano que vem e lançado nos cinemas em 2020.

O contrato com o executivo Marcio Fraccaroli, CEO da Paris Filmes, foi assinado na última semana. A Paris também adquiriu com exclusividade os direitos das músicas do cantor para o projeto - que inclui um espetáculo de teatro e uma série para a TV. 


Ainda sem título, a cinebiografia será produzida por Renata Rezende (Paris Entretenimento). Ela vai contar o que não está nos livros sobre a vida de Ney, desde sua infância no Mato Grosso, permeada pelas suas relações com a mãe – sua primeira referência musical – e com o pai militar, até os dias de hoje.

Vai abordar a época em que veio morar no Rio vendendo artesanato, ao sucesso do grupo Secos e Molhados e à consagração como artista. Além de traços de sua personalidade que o colocou à frente de episódios emblemáticos e de cenários históricos como o desbunde dos anos 70, o Tropicalismo, a luta contra a censura e pelas Diretas-Já.

Comentários