Para Moraes Moreira, ascensão do axé o "jogou pra escanteio" na Bahia

Parceria entre Moraes Moreira (foto) e Spok pode chegar a outras cidades. Foto: Marília Angélica

Por AD Luna
ad.luna@gmail.com

O Carnaval do Recife tem espaço para grandes encontros. Um deles aconteceu entre o pernambucano Spok e o cantor e compositor baiano Moraes Moreira. Antes de subirem ao palco, os dois concederam uma entrevista, registrada em vídeo e exibida no Showlivre. 

Moraes Moraes estava um pouco reticente, pois queria preservar a voz e não concorrer com o som alto que vinha do palco. Mas, tão logo a atração daquele momento encerrou a apresentação, ele se juntou ao amigo recifense e soltou o verbo. 

Além de tratar da parceria e da paixão pelo frevo e por Pernamnbuco, o também integrante dos Novos Baianos se queixou do tratamento que recebeu na própria terra natal, em determinada época da carreira. "Um dia, quando começou aquela onda do axé na Bahia, tiraram a gente da jogada. Eu, Armandinho, trio elétrico de Dodô e Osmar, foi tudo jogado pra escanteio", critica. 

Apesar dessa ponta de ressentimento, Moreira e Spok se mostraram bastante animados com a parceria, que deve aportar em outros palcos do Brasil. 

Assista ao vídeo da entrevista.

Comentários