Moraes Moreira e Spok no Carnaval do Recife, (re)veja a entrevista

Moraes Moreira, um dos maiores nomes da música brasileira. Foto: reprodução Facebook

Por AD Luna
ad.luna@gmail.com

O país amanheceu mais triste, na manhã da segunda-feira (13 de abril), com a notícia da morte do cantor e compositor baiano Moraes Moreira, aos 72 anos, vítima de infarto agudo do miocárdio.


Grande admirador do frevo pernambucano e do Carnaval do Recife, Moreira se apresentou na festa, no Palco da Praça do Arsenal, ao lado do maestro Spok. Antes de subirem ao palco, os dois concederam uma entrevista a este repórter, registrada em vídeo e editada pelo também músico e Eduardo Kalil, com exibição no site Showlivre.com . 

Moraes Moraes estava um pouco reticente, pois queria preservar a voz e não concorrer com o som alto que vinha do palco. Mas, tão logo a atração daquele momento encerrou a apresentação, ele se juntou ao amigo recifense e soltou o verbo. 

Além de tratar da parceria e da paixão pelo frevo e por Pernambuco, o também integrante dos Novos Baianos se queixou do tratamento que recebeu na própria terra natal, em determinada época da carreira. "Um dia, quando começou aquela onda do axé na Bahia, tiraram a gente da jogada. Eu, Armandinho, trio elétrico de Dodô e Osmar, foi tudo jogado pra escanteio", criticou. 

Apesar dessa ponta de ressentimento, Moreira e Spok se mostraram bastante animados com a parceria, que deve aportar em outros palcos do Brasil. 

Assista ao vídeo da entrevista

Comentários