Carnawood: rock com sotaque piauiense

A banda Carnawood, do Piauí. Foto: Gelson Catatau

A Carnawood surgiu na segunda metade de 2015, na cidade de Parnaíba, Piauí, com uma proposta de buscar dentro de cada integrante aquilo que era mais significativo em termos de identidade. "Nesse sentido, a regionalidade foi abraçada para não só dar sentido a esse processo, mas para também nos re-conectarmos com nossa origem", diz a banda. 

A Carnaúba é o símbolo principal e que dá nome à banda. Foi escolhida por representar riqueza e beleza normalizadas e pouco reconhecidas. A planta é conhecida por ser a “árvore da vida”, e que dela tudo se aproveita. 

"Porém, mesmo com tantos atrativos, é muitas vezes despercebida e desprestigiada no nosso meio. Assim também nos sentimos como músicos, e a Carnawood é uma tentativa de botar pra fora tudo o que amadurecemos durante esses quase cinco anos de banda e o nosso passado como seres humanos", explica a banda. 


As influências da banda vão desde o baião, o xote, maracatu, dentre outros ritmos regionais, até o grunge, o rock ‘n’ roll e o metal. Os nomes mais ilustrativos são Luiz Gonzaga, Dr. Raiz, Nação Zumbi e Papete no regionalismo e Pearl Jam, System of a Down, Sepultura e Led Zeppelin dentro do universo do rock.

Em 2019 a banda lançou o clipe da música Raiz, que retrata os desafios e a resiliência do povo que tanto apanha mas ainda sim encontra meios para vencer as dificuldades. Esta música faz parte do álbum “Carnawood” que contém 6 faixas (Raiz, Tronco, Palha, Tala, Fruta e Cera) e que estará em breve disponível em todas as plataformas digitais.

Redes Sociais:

Instagram. @carnawood

http://facebook.com/carnawwod

Youtube Carnawood Banda

Comentários