Banda Café Tinto lança álbum nas plataformas digitais



Em seu segundo trabalho, Paisagem Sonora, banda pernambucana Café Tinto escancara o leque das dualidades que remetem ao equilíbrio com um repertório mais versátil, maduro e contemporâneo

Por Marcos Toledo

É muito curioso como a Café Tinto, banda surgida no Recife há apenas cinco anos, reflete este seu tempo, em que tudo muda e evolui muito rápido. Nascida autoral na essência, com uma pegada roqueira e sobre os pilares de um conceito - como seu próprio nome define - da busca do equilíbrio, em um breve período o grupo se abriu para variações de sonoridades aprimorando composições e performance e ampliando suas ideias primordiais a uma síntese do universo que a rodeia. O resultado pode ser conferido a partir desta quinta-feira (28) quando chega às plataformas musicais digitais a primeira parte do álbum Paisagem Sonora, o segundo do grupo.

Sempre buscando novos caminhos em cada um dos processos de criação, da formação instrumental passando pelas composições até o tratamento visual, a Café Tinto aposta também em um formato diferenciado para o lançamento do novo disco. Quatro temas - duas canções e dois instrumentais - são disponibilizados neste primeiro momento. Outros três saem após intervalos de três meses entre cada um, sempre acompanhados de um videoclipe.

Como analogia, a ampliação dos conceitos que fundaram os pilares da Café Tinto podem ser comparados às ideias de ecologia e preservação do meio ambiente, que começaram a ser sedimentados nas décadas de 1980-90 e que hoje ganharam a razão da autossustentabilidade obedecendo ao ritmo veloz como são ditadas as transformações deste milênio. Por uma feliz coincidência, o título escolhido a princípio inconscientemente, Paisagem Sonora, remete ao termo em inglês soundscape, que define o estudo e a análise do universo sonoro que nos rodeia - seja de origem natural, humana, industrial ou tecnológica - e se enquadra no âmbito da chamada disciplina científica ecologia acústica. Apenas para quem acredita em coincidências, é claro.

Projeto pessoal de João Melo (voz, guitarra e composições), a Café Tinto conta ainda em sua formação com Jobeni Oliveira (contrabaixo) e Antônio Marques (bateria). A gravação de Paisagem Sonora marca a despedida do integrante Ivanubis Hollanda (violino elétrico e backing vocal), que parte para a carreira solo. O quarteto, porém, foi responsável pelo laboratório desenvolvido em palcos e estúdios que culminou nesta versão avançada de um conceito nascido tenaz, embora minimalista, em 2014.

De uma pegada roqueira recheada com o suingue de ritmos como soul e funk, a banda foi gradualmente se apropriando de referências da música popular brasileira, latina e erudita. O conceito filosófico que nomeia o grupo, inspirado na busca pelo equilíbrio em tudo o que permeia a condição humana - como o dia e a noite; a luz e a escuridão; a tristeza e a alegria; o sagrado e o profano - foi literalmente amplificado a um patamar mais contemporâneo, de observações que podem revelar as mais complexas alterações nos habitats. Os temas concebidos e desenvolvidos pela Café Tinto tentam fazer entender que a harmonia da música é a harmonia da vida.

Paisagem Sonora tem como faixa de abertura o tema Descanso, composição suave e relaxante que teve um videoclipe rodado na Praia do Paiva, no Litoral Sul pernambucano - com participação especial da atriz e youtuber Larissa Alves - e já foi antecipado na web (youtu.be/LQ4ibzjqp5s).


O clipe, por sua vez, inspirou a arte da capa do álbum, assinada pelo designer Rodrigo Boente, que utilizou técnicas de pintura acrílica sobre tela e retoques com pintura digital. Seu estilo é caracterizado por pinceladas fortes e turbulentas, com influência em parte da arte impressionista, que visam deformar a realidade e expressar sentimentos humanos em detrimento de uma descrição objetiva. Tal qual o vídeo, o projeto gráfico sintetiza uma paisagem sonora com referências urbanas e da natureza.

Completam o repertório inicial do trabalho a também instrumental O Voo do Pássaro Violeta e as canções Em Teus Traços e Na Boca do Açude. Com participações também especiais dos músicos Iberê Lima (teclado) e Rinaldo Souza (percussão), Paisagem Sonora, o disco, tem produção de João Melo e Jobeni Oliveira. As gravações e mixagem foram realizadas no Estúdio do Rozario, em Olinda, e a masterização no Estúdio Unimaster, no Recife.



Faixa a faixa

Descanso (João Melo) - Música instrumental que abre o álbum. Tem um clima suave, que remete à contemplação e ao relaxamento. A Café Tinto quis usar instrumentos diferentes nessa faixa, que contém teclados, bandolim e percussão (congas, bongô e outros). O tema principal da composição foi criado por João Melo no piano da mãe dele e ficou guardado por 15 anos. Durante as gravações do disco ele resgatou a música e finalizou seu arranjo.

Em Teus Traços (João Melo & Leonardo Luna) - Um trecho da letra dessa música faz menção ao pintor aquarelista Leonardo Filho, que era pai do compositor Leonardo Luna (“Quanto rumo há em teus traços”). Uma balada com a bateria inspirada em música latina, em alguns momentos com referências de flamenco. Guitarras pesadas acrescentam uma vibe roqueira à canção, que conta com pontuações líricas feitas pelo violino.

O Voo do Pássaro Violeta (João Melo) - Outra música instrumental, com uma das marcas da banda: a utilização de andamentos diferentes. Começa com uma leve balada, passa por uma bossa nova e no fim volta ao tema do começo, porém, com uma levada mais vibrante e roqueira. Termina com um belo dueto entre a guitarra e o violino. E o título faz referência à própria trajetória do grupo, que tem a cor violeta presente em sua identidade visual.

Na Boca do Açude (Calazans Callou & Wilson Bernardo) - Canção oferecida a João Melo por essa dupla de compositores do Crato, município do Sertão do Cariri cearense. Não por acaso, a letra aborda a seca da região, contudo, com pinceladas líricas e psicodélicas. No arranjo criado pela banda, a estrutura harmônica da música ficou com atmosfera de uma valsa. Foi tocada em muitos shows pelo grupo antes de ser gravada e isso lapidou bastante a versão que está no disco.

Contatos

Telefone/WhatsApp: +55 81 987962508
E-mail: bandacafetinto@gmail.com
Instagram: @cafetinto_oficial
Facebook: /playcafetinto
Soundcloud: /cafetinto
YouTube: youtube.com/channel/UC3849DSciAkNwtWoX12Zj_g

Comentários