Pitty fala sobre "Noite inteira", nova música e clipe


A baiana Pitty. Foto: Carlito Pedreanes

Por Marcus César

Música tem participação de Lazzo Matumbi, voz de resistência do movimento negro baiano

A cantora e compositora Pitty lançou o primeiro single e clipe do disco que sai em abril, “Matriz”, pela gravadora Deck. “Noite Inteira" é um rock dançante, com letra forte e influência de salsa. Pitty convidou o músico baiano Lazzo Matumbi, em atividade desde os anos 60, conhecido como "a voz da Bahia" e referência para todas as gerações de cantores de bloco até hoje. Ela se apresenta no dia 6 de abril, sábado, no Baile Perfumado.

"Lazzo é uma voz de resistência do movimento negro e que me remete a isso desde pequena. Ouvia ele cantando músicas muito fortes, revolucionárias, um canto de liberdade, além de ter um vozeirão inacreditável" - comenta Pitty. "Mesmo que a gente tenha caminhos musicais diferentes, nos encontramos no campo das ideias, foi uma honra para mim". Eles gravaram no estúdio da cantora Nancy Viegas (ex- banda Crac), que fez backing vocal nos coros. 


A letra traz a união como tema. "É sobre a soma de forças, do quanto podemos realizar quando estamos juntos com um objetivo em comum, e a responsabilidade que temos com os valores com os quais nos comprometemos. E que pode ser tanto uma manifestação na rua, como uma festa, um Carnaval. A gente se junta para fazer revolução, mas também para dançar, para trocar ideia" - conta Pitty.

Dirigido por Carlos Pedreañez, o clipe traz ilustrações e cenas geradas em 3D, texturizadas e animadas, que foram feitas a partir de fotografias, e algumas animações com rotoscopia.

Link para compra de ingressos 


"Noite inteira"

Composição: Pitty / Martin / Gui Almeida

Pitty - Voz
Lazzo Matumbi - Voz
Martin - Guitarra
Gui Almeida - Baixo
Paulo Kishimoto - Piano, Synth e Percussão 
Bateria: Duda Machado
Backing Vocal: Nancy Viegas 

Letra

sair de casa pronta pra peleja é lei
o fogo amigo é trégua na madruga
a trombeta soou; não era chá, eu sei
não haveria mansidão nenhuma

pisar com segurança nesse novo chão 
a ocupação se dá de tal maneira
é guerra sem quartel, embate com razão
pra pertencer e ser em toda esquina

(em toda esquina)

desafiando a norma do que deve ser
que domicílio seja mundo afora
tem hora que o que vale é argumentação 
tem tempo de bailar a noite inteira

 (a noite inteira)

gente se junta pra fazer revolução 
gente se junta pra falar besteira
com quem tu andas
quem é que te estende a mão
veja que rua é pra vida inteira

se na bandeira resta algum coração 
quando ele pulsa ela sangra vermelha
e nas ladeiras pra subir tem sempre um não 
ladeira abaixo é assim: a noite inteira

não peço que concorde
não impeça que eu fale
entendo que discorde 
não espere que eu me cale

respeite a existência ou espere resistência


Comentários