Como transformar talento em bem-estar econômico?

A jornalista pernambucana Elayne Bione. Foto: Arquivo Pessoal


Encontro na Unicap aborda empreendedorismo, criatividade, tecnologia e inovação. Participam a jornalista Elayne Bione, o secretário de Cultura do Estado, Gilberto Freyre Neto e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Inovação do Recife, Guilherme Calheiros

Na América Latina se formam em média 150 mil novos profissionais do setor artístico, criativo e cultural, no qual atualmente uma média de 50% deles enfrentarão falta de trabalho no mercado latino-americano, e outros 50% terão ocupações informais ou desempregados. Este são dados oficiais das contas satélites de cultura de países como Chile, Argentina, Colômbia e México.

Estudos mostram que em 10 anos mais, diante da revolução 4.0, a automatização vai aumentar em 60% o tempo de ócio. Com a automatização de várias indústrias tradicionais, o profissional do futuro será melhor qualificado se possuir três habilidades básicas: Pensamento Crítico, Capacidade para resolução de problemas e Criatividade. 

A pergunta é: Estamos preparando nossos profissionais para serem capazes de atender a este novo contexto? Qual o valor das indústrias criativas neste contexto? Instituições de ensino são parte desta promessa de futuro para seus alunos e podem se converter em referência ao oferecer conteúdos e ferramentas para as novas de atuar nesta futura economia. 



Para conversar sobre este assunto, a jornalista pernambucana, agente e investigadora da economia criativa na América Latina, foi convidada a participar do #Semana1, sábado (16), a partir das 9h, no Auditório Dom Helder Câmara, e é aberto ao público.. O debate que vai falar sobre empreendedorismo, criatividade, tecnologia e inovação é promovido pelo  Mestrado Profissional em Indústrias Criativas da Universidade Católica de Pernambuco e receberá também o secretário de Cultura do Estado, Gilberto Freyre Neto, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Inovação do Recife, Guilherme Calheiros.

A #Semana1 marca o início das atividades do semestre do Mestrado em Indústrias Criativas com uma série de palestras e debates, sempre em torno de temas que dialogam com as linhas de pesquisa do Programa (Tecnologias, linguagens e produtos; Gestão, mercado e sociedade). Na terça-feira, recebemos a artista Flaira Ferro; na quarta, foi a vez de Thiego Oliveira (Jeep), Raphaella Borges (Accenture) e Alcides Pires (Softex). 

DATA: Sábado, 16 de março de 2019
HORA: 9h
LOCAL: Auditório Dom Hélder Câmara, Hall do BLOCO A - UNICAP
ENTRADA GRATUITA

Comentários