DATA SIM traz importância de números e políticas para a música



Por Imprensa SIM São Paulo

Anunciado durante a cerimônia de entrega do Prêmio SIM 2017, o DATA SIM desenvolveu suas primeiras pesquisas ao longo dos últimos meses, com patrocínio da Natura Musical, apoio da TNT Energy Drink e da Sympla e parceria da JLeiva Cultura & Esporte, empresa responsável pelas principais pesquisas de cultura do país.

O DATA SIM apresenta resultados de seus primeiros estudos e pauta a programação de sete mesas na conferência da SIM 2018, trazendo profissionais do mercado brasileiro e referências internacionais para falar sobre a importância dos números e das políticas públicas para o mercado da música.

O primeiro painel acontece na quinta, 6/12, às 12h, na Sala de Ensaio I, e apresenta os resultados sobre música da Pesquisa JLeiva Cultura nas Capitais, a maior pesquisa sobre hábitos culturais já realizada no país, que entrevistou mais de 10 mil moradores de 12 capitais brasileiras. 

A seguir, às 13h, na Sala Jardel Filho, a Sympla apresenta um mapa interativo dos festivais brasileiros e discute os dados com representantes de eventos que completaram mais de uma década de resistência: Porão do Rock (DF/ 20 anos), MADA (RN/ 20 anos), Bananada (GO/20 anos), Coquetel Molotov (PE/ 15 anos) e DoSol (RN/ 15 anos). 

Ainda na quinta, às 17h, as responsáveis pelo DATA SIM, Dani Ribas e Fabiana Batistela apresentam ao lado de Luciano Balen (Festival Música de Rua/RS) a primeira pesquisa de impacto sócio-econômico de um evento de música no Brasil, que tem como objeto de estudo a edição de 2017 da SIM São Paulo. 

Na conversa, dados vão amparar a discussão sobre como a formação de redes durante o evento potencializa os impactos do projeto no mercado, na cidade, na sociedade.

Na sexta-feira, 7/12, às 15h30, a programação DATA SIM traz o alemão Marc Wohlrabe, do Clubcommission Berlin, para dividir a experiência inovadora da associação de clubes, festas e eventos culturais da capital alemã. 

Além de articular a cena noturna de Berlim, o Clubcommission também atua no movimento "Music Moves Europe", para garantir o apoio da European Commission em programas de música desenvolvidos em todo o continente. 

Também no dia 7/12, às 17h30, será apresentado o resultado da primeira etapa da pesquisa realizada pelo DATA SIM: O Mercado da Música Ao Vivo na cidade de São Paulo. O mapeamento envolveu dezenas de estabelecimentos na busca de dados socioeconômicos e demográficos que permitam levantar informações sobre como se estruturam as casas noturnas e espaços de música ao vivo e também quais suas dificuldades. 

No sábado, 8/12, às 13h30, o DATA SIM apresenta a Sound Diplomacy, consultoria líder no mercado internacional de pesquisa e criação de estratégias de visam o crescimento econômico das cidades usando a música e responsável pelo Music Cities, a maior conferência itinerante sobre música e sua relação com cidades que conta com experts do mundo todo. 

Mais tarde, às 15h, o rádio surge como tema de uma conversa importante. Guga de Castro (Rádio Beach Park, Rádio Ecoa/CE), Fabiane Pereira (Programa Faro MPB/RJ), Patrick Torquato (Rádio Frei Caneca/PE), Paul Martins (Rádio USP/SP) e Mário Sartorello (Deguste Cultural, Cultura FM/DF) debatem o resultado de pesquisas recentes que apontam que, mesmo com o avanço considerável na oferta de novos formatos de streaming e podcasts, a relevância do rádio não foi abalada.

Comentários