Coletivo Mulheres realiza Live Arte sobre comunicação em tempos de pandemia


A artista e terapeuta Patrícia Solis encerra o encontro virtual. Foto: Renato Filho

Neste último encontro do projeto, em junho, participam o músico e editor do Interdependente, AD Luna, as comunicadoras Nataly Queiroz, Nice Lima e o jornalista Bruno Vinícius. A artista e terapeuta Patrícia Solis encerra com um pocket show. Mediação da produtora cultural Marah Rúbia

O Coletivo Mulheres realiza, neste domingo (28), a última etapa do Live Artes. Sob o questionamento “Como se reinventar em tempos onde a comunicação se limita ao virtual?”, o projeto apresentou bate-papos e pocket shows online, durante o mês de junho, com artistas e profissionais da comunicação de Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

Pensando na situação de diversas mulheres profissionais da música (artistas, técnicos, produção)  que se encontram em dificuldade devido a falta de trabalho, o Coletivo também está disponibilizando durante todo o projeto um link do Sympla para quem desejar contribuir através de doações voluntárias.



Bruno Vinícius - Jornalista e repórter do caderno Cultura+, da Folha de Pernambuco, e da Agência Retruco. Com experiências no impresso, digital e produção de documentário, teve passagens pelo Jornal do Commercio, Folha de Pernambuco e agências locais. Hoje, atua na cobertura de cultura local e em pautas raciais.

AD Luna - Baterista das bandas Sargaço Nightclub e Dom Lodo. Integrou os grupos Monjolo e Querosene Jacaré, com o qual gravou dois discos. É jornalista, formado pela UFPE, foi repórter de cultura do Diario de Pernambuco e Jornal do Commercio, apresentador, roteirista e gerente de conteúdo do Showlivre.com. Mantém o projeto de internet e rádio Interdependente - cultura e conhecimento - parceiro do portal NE10.

Nataly Queiroz - jornalista, feminista e professora universitária. Integra o Intervozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social.

Nice Lima -  Formada em Rádio e Televisão e Mestre em Desenvolvimento Local pela UFRPE. Desde 2016, radialista na Frei Caneca FM e desde 2010 segue como Professora do Curso de Comunicação Social da Uninabuco. Como gosta muito de rádio e acha que nunca é demais, se dedica à freelas em rádio e apresentação de eventos com a Ritmo Comunicação.



Patrícia Solis - Artista e facilitadora de trabalhos terapêuticos de expressividade vocal e corporal. Pesquisadora da voz e de sua relação com aspectos do feminino. Tem CD e um EP gravados e atualmente está em processo de criação da performance "Canções que vêm do Útero", um chamado do sagrado feminino.

Mediadora - Marah Rúbia - Diretora,  Produtora Cultural e Assessora de imprensa na Soplar Produções. Idealizadora do Coletivo Mulheres, Produtora do Festival Sonora Olinda e Diretora de comunicação da AMP.

Live através do insta @mulherescoletivo
28 de junho, às 20h


Comentários