Joanah Flor divulga single e conversa sobre feminismo com Cida Pedrosa

Joanah Flor lança single "Deixa ela". Foto: Divulgação

"Deixa ela" está nas plataformas digitais, Joanah conversa sobre violência contra a mulher na quarentena

A cantora, compositora, atriz, educadora social e jornalista Joanah Flor convida Cida Pedrosa, ativista, poetisa e ex-secretária da Mulher do Recife para uma live no Instagram, nesta sexta (8), às 20h. A ideia é discutir sobre a violência contra a mulher durante o período de isolamento e que traz como tema: Feminicídio não entra em quarentena - A arte como instrumento de combate a violência contra a mulher.

Além da conversa ao vivo a cantora vai lançar o convite para que mulheres de todo o mundo participem do clipe manifesto de quarentena da música "Deixa ela", que está em todas as redes sociais. 

"Quero partilhar meu grito contra o machismo, pela liberdade e respeito por  nós, com o máximo de mulheres possível, para que todas possam também gritar contra a violência de gênero neste período tão delicado que estamos enfrentando", diz Joanah Flor.

LEIA TAMBÉM

Livro analisa imagem feminina durante os séculos

Feminismo: "A presença de homens é fundamental dentro dessa revolução!"

Feminismo: "culpa cristã desgasta tua energia", diz militante

"Deixa ela"

Com várias influências da música universal, manguebeat, pop, elementos orgânicos e principalmente de suas raízes regionais e ancestrais em forma de manifesto e empoderamento, a música "Deixa Ela" chega fará parte de um projeto em vinil da Indy label, de Berlim, Alemanha.

Outra novidade é que a canção de Joanah Flor foi selecionada pelo selo independente Tropical Diaspora Records, de Berlim na Alemanha, para um projeto de compilação em vinil de artistas femininxs, que será lançado em breve.

A música foi lançada oficialmente, em 2018, com um clipe manifesto - disponível no youtube, que foi filmado nas ruas do Recife nos dias 8 de março e também no mesmo dia em que a vereadora Marielle Franco foi assassinada. 

Dirigido e produzido pela própria artista. o clipe contou com a participação de 15 mulheres representantes de diversos movimentos sociais de pernambuco, além de trabalhadoras que atuavam nas ruas da cidade.


Serviço:
Live com Cida Pedrosa:
Feminicídio não entra em Quarentena - A arte como instrumento de combate a violência contra a mulher.
Hoje, às 20h
Instagram: @joanahflor
Clipe:
Para participar é preciso apenas enviar um vídeo feito com o celular deitado de até 1 minuto para  o WhatsApp (81) 997269588.

Comentários