O curioso caso dos metaleiros reaça

Imagem do clipe "Redneck", da banda americana Lamb of God.

Por AD Luna
ad.luna@gmail.com

Quem tem um mínimo de boa vontade e se baseia em evidências e não apenas em raivinhas musicais, problemas existenciais de foro íntimo, deve saber que metal, punk, hardcore e mesmo pop rock "revolucionário" tipo Capital Inicial etc não exercem a menor influência sob a mentalidade da grande massa, no Brasil, na atualidade. Aliás, talvez no mundo inteiro, descontando a Noruega (só quem é do babado vai entender essa! hahaha).

Mesmo assim, não deixa de ser curioso e intrigante a gente observar o fenômeno do metaleiro reaça.

Se for músico, não é possível que a pessoa reaça não perceba que toca um negócio que já soa subversivo, uma barulheira do cacete, com letras, capas de discos esculhambando a hipocrisia do cristianismo, da política. Mas, ainda assim, me aparecem uns falando coisas tipo: "Bolssonaryu mito". ??? Justamente um cara que tem um discurso totalmente em desacordo com isso que falei de metal e tal. Parece até o caso de negros e latinos que apoiam o nazismo.




Abaixo, clipe da banda thrash Lamb of God. Troque redneck aí por coxinha (não gosto muito desses rótulos, mas não deu pra não usar). A realidade na mente de um monte de metaleiro brasileiro é o INVERSO do exposto neste vídeo.

Ps.: A gente espera sempre que as pessoas consigam ter um mínimo de capacidade de leitura semiótica. Mas, como isso não tem acontecido, é bom frisar que neste contexto, o reacionário é aquele caretão, inimigo das liberdades individuais, que defende com unhas e dentes a submissão de todos ao modo de vida e mentalidade da "tradicional família cristã" classe média.

Ps2.: Atualização! Algumas pessoas têm me dito que não querem assistir ao vídeo do Lamb of God achando que é um reforço ao pensamento reaça. Mas é O CONTRÁRIO! Os caras estão tirando onda com a caretice redneck/coxinha! 

Comentários