Prefeitura do Recife lança edital unificado para contratações artísticas

Caboclo de lança no Polo Várzea. Foto: Daniel Tavares/PCR

Por Gabinete de Imprensa

Para desburocratizar e assegurar ainda mais transparência ao processo de contratações para os ciclos festivos da cidade de tantos ritmos e tradições culturais, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura, da Fundação de Cultura Cidade do Recife e da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, está estreando um novo formato de convocatória artística.

Pela primeira vez, o poder municipal lançou uma convocatória que contempla três dos maiores ciclos festivos da cidade num edital único. De acordo com o chamamento, podem ser inscritas, até o próximo dia 31 de outubro, propostas artísticas para o Natal de 2017, o Carnaval e o São João de 2018.

As inscrições deverão ser feitas no site www.culturarecife.com.br. Ao fazer a inscrição na página, cada proponente receberá informações sobre data e local para entrega presencial da documentação exigida, num prazo máximo de cinco dias.

“Nessa convocatória, habilitaremos separadamente os artistas/produtores de seus respectivos projetos. Assim, um mesmo artista ou produtor não precisa entregar sua documentação jurídica mais de uma vez”, explica o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha. “Ele fica habilitado juridicamente para toda a vigência da convocatória, bastando apresentar as propostas de espetáculo para cada ciclo, nas datas definidas pelo edital.”

A mudança, segundo Diego, é mais um passo dado pela atual gestão em direção às diretrizes estabelecidas pelo Plano Municipal de Cultura, vigente até o próximo ano de 2019, que preconiza, entre outras coisas, a criação do Cadastro Cultural do Recife, um banco de dados com informações sobre artistas e produtores culturais, necessário para municiar o poder municipal de informações no momento das contratações de cada ciclo e festival e até para a definição dos representantes do Conselho Municipal de Política Cultural.

“Começamos, ainda em 2014, a otimizar esses processos de contratação, criando um sistema para informatizar toda a documentação recebida. Hoje em dia, todos os processos, cada um referente a uma apresentação de uma atração num determinado palco de um dado evento/ciclo, seu status e todas as informações referentes a ele, estão nesse sistema”, explica Diego Rocha.

As próximas etapas definidas pelo edital são: No dia 16 de novembro, serão divulgados os artistas habilitados para os três ciclos; Do próprio dia 16 até o dia 30 de novembro, deverão ser entregues os projetos artísticos para o Ciclo Natalino 2017 e Ciclo Carnavalesco 2018; No dia 7 de dezembro, serão anunciadas as propostas artísticas habilitadas para o Ciclo Natalino; No dia 28 de dezembro, serão divulgadas as propostas habilitadas para o Ciclo Carnavalesco; De 2 a 19 de abril, haverá a entrega de propostas artísticas para o Ciclo Junino 2018; E, no dia 11 de maio, serão publicadas as propostas habilitadas.

A avaliação artística dos projetos inscritos será feita por uma comissão formada por representantes da Prefeitura do Recife e do Conselho Municipal de Política Cultural, a partir de critérios como a trajetória do artista, sua representatividade, criatividade e adequação ao ciclo a que o projeto se destina. A convocatória também está disponível no site da Prefeitura do Recife (http://www2.recife.pe.gov.br/pagina/secretaria-de-cultura)