sexta-feira, julho 29, 2016

Metallica e um estudo sobre a raiva


Por AD Luna - ad.luna@gmail.com

Muitos não entendem porque pessoas aparentemente calmas gostam de coisas "pesadas". Tipo metal. Pois isso deve fazer parte do cardápio terapêutico de muita gente, de maneira consciente ou inconsciente.

Independente de gostar ou não da banda, esse documentário do Metallica é um bom tratado sobre raiva. Inclusive, o "monster" do título é ela, a raiva. A obra foi produzida numa época em que o grupo vivia grande tensão. Principalmente entre os líderes: o baterista Lars Ulrich e o cantor James Hetfield.

Uma das melhores partes ocorre quando Hetfield dá esta declaração a criminosos condenados, no minuto 1:08: "Se não tivesse tido a música em minha vida, provavelmente estaria aqui (no presídio) ou morto. É bem melhor estar vivo!".

segunda-feira, julho 25, 2016

quarta-feira, julho 20, 2016

Consciência cidadã nos EUA: Saint Paul e Minneapolis valorizam educação e leitura (Parte 3 de 3)

Grupo de estudos de português brasileiro, em Minneapolis, conversa sobre matéria da Revista Continente. Foto: Divulgação

Nas dezenas de bibliotecas públicas das Twin Cities são oferecidas oficinas de escrita, publicação e leitura, além de cursos de informática e outras habilidades. Para aqueles que desejam praticar inglês e conhecer pessoas de vários locais do mundo, muitas das bibliotecas oferecem encontros semanais (e gratuitos) de conversação

Por AD Luna

Bookworms - algo como “vermes de livros”, em português - foi como o site Huffpost denominou os moradores de Minneapolis, em artigo sobre as lições que as Twin Cities ensinam sobre o viver bem. A expressão se explica em razão de as cidades de Prince e sua irmã, Saint Paul, abrigarem uma das populações mais letradas e educadas dos EUA, de acordo com pesquisa conduzida pela Universidade Estadual Central de Connecticut (Central Connecticut State University), divulgada em 2013. O estudo registrou que 46,5% dos moradores de Minneapolis possuem diploma universitário. Em Saint Paul, esse número chega a 36,5%. Também foram levados em consideração dados como tamanho e eficiência de sistemas públicos de bibliotecas, número de livrarias, circulação de jornais e outras publicações. Para se ter uma ideia, a capital Saint Paul um pouco menos de 300 mil habitantes, mas possui 17 jornais com mais de 500 leitores em circulação. Na lista encabeçada por Washington DC, com Seattle em segundo, Minneapolis ficou em terceiro lugar e Saint Paul em sexto.